Discos de embreagem

Detalhes dos discos de embreagens

 
 
 
 

O disco é o elemento central de acoplamento da embreagem. Ele é responsável pela interligação entre o motor e a transmissão, juntamente com o platô de embreagem. Uma característica de cada disco de embreagem LuK é que para cada aplicação projeta-se um amortecimento axial que possibilita uma transmissão de torque suave durante a arrancada e uma curva de força pedal ergonomicamente ajustada. Para redução da oscilação do momento e da rotação produzida pelo motor de combustão, o disco de embreagem possui também a função de amortecimento, que reduz o ruído e o desgaste na transmissão.

O disco de embreagem com o amortecedor torcional é a solução mais viável em questão de custos e de espaço para os problemas de vibrações torcionais na transmissão. A sistema de bucha cônica desenvolvida pela LuK compensa o desalinhamento entre o motor e o câmbio, garantindo um perfeito amortecimento em marcha-lenta.

O disco de embreagem sem amortecedor torcional é usado em aplicações em que o eficaz sistema de amortecimento da LuK, o Volante Bimassa, foi adotado. Devido as tolerâncias no motor e no câmbio, especialmente quando o eixo-piloto não possue rolamento no volante, ocorre um deslocamento entre o eixo do virabrequim e engrenagem. Na ligação com os discos rígidos de embreagem para o DMF este deslocamento pode produzir ruídos e alto desgaste em casos críticos.

O disco de embreagem de compensação de deslocamento, os quais possibilitam um deslocamento radial na área do ponto morto e na área de carga mínima desviando assim as possíveis forças radiais, esta é a solução para o problema. Com isso a função do DMF na roda livre também está garantida em caso de deslocamento.

Para aplicações de ruídos críticos a solução mais adequada é a combinação de DMF e disco de embreagem com amortecedores de torção.