SERVIÇO
 
Annual General Meeting of Schaeffler AG 2018 in Nuremberg’s Frankenhalle.

Assembleia geral anual da Schaeffler AG 2018, realizada no centro de convenções Frankenhalle de Nuremberga, Alemanha.

 
Klaus Rosenfeld, CEO da Schaeffler AG e Georg F. W. Schaeffler, presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG, na assembleia geral anual da Schaeffler AG (da esquerda para a direita).

Klaus Rosenfeld, CEO da Schaeffler AG e Georg F. W. Schaeffler, presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG, na assembleia geral anual da Schaeffler AG (da esquerda para a direita).

 
Georg F. W. Schaeffler, presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG, na assembleia geral anual.

Georg F. W. Schaeffler, presidente do Conselho de Supervisão da Schaeffler AG, na assembleia geral anual.

 
Klaus Rosenfeld, CEO, durante a sua intervenção na assembleia geral anual da Schaeffler AG, realizada no centro de convenções Frankenhalle em Nuremberga, Alemanha.

Klaus Rosenfeld, CEO, durante a sua intervenção na assembleia geral anual da Schaeffler AG, realizada no centro de convenções Frankenhalle em Nuremberga, Alemanha.

 
Apresentação mundial do Schaeffler Mover: O veículo elétrico, que também circulará de forma autónoma, foi desenhado para ajudar a mitigar o tráfego crescente nas áreas metropolitanas..

Apresentação mundial do Schaeffler Mover: O veículo elétrico, que também circulará de forma autónoma, foi desenhado para ajudar a mitigar o tráfego crescente nas áreas metropolitanas.

 
CONTATO

Thorsten Möllmann
Senior Vice President Global Communications & Branding

Schaeffler AG
Herzogenaurach

Tel.  +49  9132 82-5000
presse@schaeffler.com

 

Dr. Axel Lüdeke
Head of Financial Communications & Public Relations

Schaeffler AG
Herzogenaurach

Tel.  +49  9132 82 5000
presse@schaeffler.com

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Siga-nos no Twitter @schaefflergroup e fique a par de todas a novidades e comunicados de imprensa.

2018-04-20 | Sant Just Desvern

Assembleia geral anual 2018 da Schaeffler AG

A Schaeffler apresenta o futuro


  • Apresentação mundial do Schaeffler Mover
  • A Schaeffler negoceia o pacto para o futuro
  • • One Schaeffler, One team, One voice

A assembleia geral anual da Schaeffler AG realizou-se pela terceira vez no centro de convenções Frankenhalle de Nuremberga e, pela terceira vez desde a entrada em bolsa, os acionistas tiveram oportunidade de votar um aumento dos dividendos. O dividendo por ação ordinária sem direito a voto aumentou de 50 cêntimos no exercício anterior para 55 cêntimos, ou seja, registou um aumento de 10%. Isto representa um índice de pagamento de dividendos de aproximadamente 35% dos proveitos líquidos consolidados, o ponto médio do objetivo de 30 a 40 por cento que tinha sido comunicado anteriormente.

Na assembleia geral, o CEO da Schaeffler AG, Klaus Rosenfeld, falou sobre a evolução do exercício de 2017, descreveu brevemente o início do exercício de 2018 e as previsões para o mesmo e, finalmente, apresentou mais detalhes sobre algumas das iniciativas do programa de futuro "Agenda 4 plus One". Além disso, Rosenfeld mencionou o acordo de futuro negociado com o sindicato IG Metall há alguns dias como mais um exemplo de como o Grupo Schaeffler se está a preparar para o futuro.

A velocidade e o sucesso com que o Grupo Schaeffler avança para a “Mobilidade do amanhã” também foram ilustrados com o automóvel elétrico conceptual “Schaeffler Mover”, que fez uma aparição na assembleia geral anual. O veículo elétrico, que também circulará de forma autónoma, foi desenhado para ajudar a mitigar o tráfego crescente nas áreas metropolitanas. O veículo é capaz de rodar sobre si próprio e de estacionar lateralmente e uma variedade de carroçarias permite configurá-lo com flexibilidade e otimizá-lo para o transporte de mercadorias e de pessoas. Atualmente, a empresa estuda o potencial de desenvolvimento deste conceito desde o ponto de vista da produção em massa.

Apesar de 2017 ter sido "um ano com luzes e sombras e muitos ventos contrários", Rosenfeld classificou o exercício de 2017 como um ano de sucesso e sublinhou os resultados recorde: o volume de negócios do Grupo Schaeffler aumentou 5,9% a uma taxa de câmbio constante até atingir os 14.000 milhões de euros, o maior volume de negócios na história da empresa. Todas as divisões e regiões contribuíram para este crescimento. Os lucros líquidos também estabeleceram um recorde histórico de 980 milhões de euros, 14% mais do que no exercício anterior, enquanto a margem EBIT antes de rubricas extraordinárias se situou nos 11,3%, experimentando um decréscimo de 1,4%. O total de investimentos do Grupo Schaeffler ascendeu aproximadamente a 1.300 milhões de euros em 2017, estabelecendo um novo recorde. Além disso, a empresa criou aproximadamente 3.500 novos postos de trabalho, 500 dos quais na Alemanha. No que respeita às previsões para 2018, Klaus Rosenfeld destacou que a empresa iniciou o novo exercício de acordo com o orçamentado e prometeu "fazer tudo o que for possível para garantir o cumprimento de todas as previsões para o exercício de 2018". Além disso, não irá ocorrer nenhuma alteração no compromisso da empresa relativamente às suas ambições para 2020.

O CEO assinalou a importância do programa de futuro, a "“Agenda 4 plus One", que foi desenhado para colocar em prática a estratégia do Grupo Schaeffler e representou uma das prioridades do conselho de administração em 2017. A "4 plus One" consiste em quatro categorias, mais uma categoria adicional, que assinalam o foco deste programa abrangente: atenção ao cliente, excelência operacional, flexibilidade financeira, liderança e gestão de talento e, como quinta categoria geral ("plus One"), competitividade e criação de valor a longo prazo. Nos finais de 2017, o grau de cumprimento do programa, que até então contava com 16 iniciativas, já tinha atingido 35%; como resultado, o conselho de administração decidiu expandir o programa com mais quatro iniciativas para o total atual de 20. Atualmente, mais de 1.000 empregados trabalham diretamente na implementação do programa que fará com que a empresa invista um total de 1.000 milhões de euros nos próximos cinco anos.

Klaus Rosenfeld apresentou aos acionistas na assembleia geral mais detalhes sobre uma seleção de seis iniciativas do programa: e-Mobilidade, Indústria 4.0, Fábrica do amanhã, Capital circulante, Liderança e Valores corporativos e a iniciativa da Agenda digital.

A iniciativa da "e-Mobilidade” é de grande importância para a Divisão Automotiva OEM. Embora o motor de combustão interna vá continuar a ser uma parte importante do mercado do Grupo Schaeffler durante muito tempo, os seus clientes esperam que o crescimento da próxima década resulte em grande parte dos veículos híbridos e dos veículos elétricos com bateria. Por este motivo, o objetivo desta iniciativa é ampliar a gama de produtos nestes segmentos. Com este objetivo, a 1 de janeiro de 2018, foi criada uma nova divisão de negócio de "e-Mobilidade", que reúne todas as atividades novas e as existentes. A nível mundial, a empresa também implementará, nos próximos anos, três centros de competência nos EUA, na Alemanha e na China com o objetivo de preparar o Grupo Schaeffler para a mobilidade do amanhã.

A iniciativa "Indústria 4.0” é para a Divisão Industrial o que a e-Mobilidade é para a Divisão Automotiva OEM. O seu objetivo principal é ampliar a gama de produtos para incluir sistemas mecatrónicos completos. Estes conhecimentos vinculam as duas Divisões como suporte tecnológico. Também neste campo foi estabelecida uma unidade organizacional independente que, desde janeiro de 2018, agrupa todas as atividades existentes. Está previsto que este negócio gere dez por cento do volume de negócios da Divisão Industrial até 2022.

A iniciativa "Fábrica do amanhã" aborda a questão de como será a fábrica do futuro, que permitirá reagir com flexibilidade aos mercados voláteis e, ao mesmo tempo, operar de forma rentável; já a iniciativa "Capital circulante" procura oportunidades para reduzir o capital circulante graças a inovações constantes para libertar capital imobilizado e aumentar, assim, a flexibilidade financeira da empresa. Rosenfeld sublinhou especificamente a contribuição dos empregados e executivos para o sucesso da empresa; por este motivo, a iniciativa "Liderança e Valores corporativos" concentra-se nas questões da direção e gestão de talento e, entre outras coisas, define seis diretivas de direção. Por último, o objetivo da iniciativa "Agenda digital” é garantir que todas as áreas da empresa respondam de forma adequada à mega tendência da digitalização e à ligação do mundo físico com o digital. Deste modo, a empresa tenciona gerar até 2020 aproximadamente 10% do valor acrescentado através de produtos e serviços ampliados digitalmente.

No geral, Rosenfeld considera que o Grupo Schaeffler está bem posicionado para o futuro. O que é agora necessário é a implementação de "One Schaeffler, One team, One voice" de forma sistemática como parte da “Agenda 4 plus One”.

Os resultados das votações e a gravação do discurso do CEO na assembleia geral anual realizada hoje, estão disponíveis em: www.schaeffler.com/agm.

Poderá consultar o balanço anual aqui:
www.schaeffler-annual-report.com

A Schaeffler aplica os cookies para garantir o melhor uso possível. Ao usar este b site você estará concordando com a aplicação destes cookies. Mais informações

Aceitar